Google+ e o futuro da rede social do Google no Brasil

seo e as midias sociais
Qual importância das mídias sociais para o SEO?
10 de fev de 2012
google-plus no teclado
Google+ e a estratégia do Google para o seu sucesso
21 de fev de 2012

Google+ e o futuro da rede social do Google no Brasil

icones do google plus

icones do google plus

O brasileiro adora uma rede social, isso é fato. Nos últimos anos, o comportamento de usuários do Brasil se destaca pelo engajamento em redes sociais. O ser humano, em sua essência, necessita compartilhar experiências e opiniões. Com as redes sociais na web isso ficou mais fácil. E no Brasil, uma rotina.

Com a chegada do Orkut no ano de 2004 o acesso a internet cresceu bastante. Donos de cybercafés relatavam que uma grande parcela dos acessos naquela época partiam de clientes que passavam horas e horas navegando no Orkut.

Com a popularização da internet, maior acesso a banda larga e a queda nos preços dos computadores, o brasileiro se tornou heavy user de internet e Orkut.

O Brasil e o Orkut

O Brasil se tornou líder em utilização juntamente com a Índia. Entretanto, com o desgaste do Orkut, muitas pessoas começaram a migrar para o Facebook. Após o processo chamado de “orkutização”, em que o conteúdo compartilhado era de baixíssima qualidade, os usuários da rede se afastaram cada vez mais. A então rede social queridinha do Brasil, começa a ver o início de sua queda.

Paralelo a isso, o Google fracassava com novos projetos: Google Wave e o próprio Buzz. Esses, não conseguiram faze frente ao Orkut e – muito menos – ao Facebook; não agradaram muito. O Facebook chegaria como uma rede social elitizada, uma versão “evoluída” do Orkut, atualmente superando Twitter e Orkut. Porém, vale ressaltar que o Orkut não acabou. Ainda existem usuários que acessam a rede diariamente.

Quando voltamos um pouco para a história das redes sociais e acompanhamos sua evolução ao longo tempo conseguimos identificar uma série de redes que tiveram o seu auge emblemático, porém, com alguns anos, amargaram um verdadeiro êxodo. O brasileiro – pelo que parece – não tem nenhum remorso em abandonar um lar antigo e se entregar totalmente a um novo ambiente.

O novo da vez é a rede social do Google: Google+

Após seis meses do seu lançamento oficial, a rede Social Google+ – pasmem – alcançou a marca de 90 milhões de usuários e segue com o crescimento de 625 mil novas inscrições todos os dias. Para quem possui conta no Gmail (que não são poucos) criar um perfil na rede social exige poucos cliques.

Outro dado bastante interessante diz respeito ao botão +1, que é acionado nada menos que cinco bilhões de vezes por dia. Vale abrir um parêntese e dizer que o Brasil é o terceiro país em números de usuários na rede social. Isso com uma média de cinco milhões de usuários cadastrados. Nas primeiras posições estão Estados unidos e índia. Outros países líderes em usuários cadastrados são Canadá, Alemanha, Indonésia, México, Itália e Espanha.

Quem está no Google+

Tenho visto muitos comentários sobre o público que está presente no Google +, sendo apelidado até de “reduto de programadores”. A rede – de fato – tem uma boa porcentagem desse profissional presente.

Os engenheiros de software são os profissionais mais comuns. Porém, é importante destacar que não é somente de programadores que vive o Google+. Dados informam a presença de consultores, fotógrafos, professores, especialistas em marketing e um bom número de estudantes, cerca de 20%. Outra característica importante se deve ao fato da presença predominante dos homens até o momento.

Os famosos no Google+

Assim como em algumas ações realizadas no Orkut, em que era possível assistir alguns shows ao vivo com artistas nacionais, a rede social do Google também tem apostado em ações com celebridades para incentivar os cadastros. Exemplo disso é a presença da cantora Britney Spears que lidera o ranking com o número de 1,7milhão de fãs. A rede já permite a criação de páginas institucionais, entre as mais populares está a página da banda ColdPlay.

Você usa o Google+?

Apesar de todos os dados otimistas relacionados a rede e fato do Brasil estar presente no rank dos principais países na rede, vale lembrar que nos quesitos engajamento e atividade, a rede ainda opera em grande marasmo. O Facebook e o Twitter ainda são os grandes pólos de interação e entretenimento do internauta brasileiro. Com o search your Word e a influência da indicação do +1 nos resultados de busca, o Google investe pesado para o crescimento de sua rede social.

O ingrediente principal para uma rede social alavancar de vez é – sem dúvida – a presença do seu círculo social, as pessoas com quem você se relaciona e interage constantemente. Imagine um usuário que já tem 5 mil amigos no Facebook, depois de muito tempo investido naquele ambiente, será que ele vai querer mudar tão facilmente para uma nova plataforma?

amigos no google plus

Apesar de ter um ambiente bem intuitivo, muitos usuários ainda reclamam da navegação e acessibilidade do Google+. O fato é que muito em breve acredito que o Google vai incentivar ainda mais o uso da rede.

Hoje temos funcionalidades bem interessantes como Hangout, por exemplo, que já tem sido utilizado para conferências gravações, bate papo, etc. Confira abaixo um exemplo de Hangout feito por alguns famosos da internet.

 

Hangout Google+

 

O futuro das redes sociais no Brasil

O fato é que o Facebook – apesar do domínio atual – começa a ter um inicío de rejeição devido ao conteúdo compartilhado como, nudez, correntes, pornografia, imagens de violência. O que lembra um pouco do que ocorreu com o Orkut.

Ainda é cedo para saber as “previsões” de qual será a rede social do brasileiro nos próximos anos, nos resta perguntar e acompanhar o comportamento do internauta brasileiro.

E você usa o Google+? Pretende abandonar o Facebook?

1 Comment

  1. Name (required) disse:

    Eu ainda prefiro o facebook, mas confesso que estou gostando do Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *